Dj Maluco, O Infame.

Ir em baixo

Dj Maluco, O Infame.

Mensagem por Alquimista Filosofal em Sex Fev 25, 2011 2:42 pm

Dj Maluco



Nome: Leonard Von Niflheim
Classe: Menestrel.
Profissão: Barão.
Idade: Indefinido.
Altura: 1,68m.
Peso: 75Kg.
Raça: Morto-Vivo
Tipo Sanguíneo: Indefinido.
Cor de pele: Branca, Extremamente Pálida.
Olhos: Vinho-Escuro.
Cabelos: Brancos, graças à idade.
Cheiro: Sangue fresco, um tanto pestilento.
Traços Característicos: Orelhas levemente pontudas.
Mão dominante: Ambidestro.
Local de Nascimento: Niflheim
Hobby: Música e Tavernas.
Comida Predileta: Carne Humana.
Bebida predileta: Sangue de Elfo.

Biografia


Ato I

Spoiler:

Nascido no reino dos mortos, Leonard Von Niflheim pertence a uma família de nobres e militares da região. Tal família tem como objetivo executar as ordens da deusa dos mortos na cidade, em outras palavras, coordenar o exercito dos malditos. Este foi o cenário onde Leonhard passou sua infância e adolescência.

Não era muito fácil viver em um mundo onde os condenados eram mandados a torto e a direito. Apesar de tudo, Leonhard viveu com a companhia de seus irmãos e grandes amigos. Recebeu um forte treinamento militar para que caso seu pai morresse em combate alguém de sua família substitui-se o cargo, coisa que não gostava muito.

“Devolva meu brinquedo! Mãe! O Gabriel ta usando furto nas minhas coisas!”

Leonhard se formou como arqueiro na academia militar da cidade, seu irmão Gabriel se tornou um habilidoso gatuno enquanto Drean optou por ser um mercador e sua irmã Sarah virou uma poderosa maga, Leonhard também possuía um quarto irmão, David que mais tarde iria se tornar o maior pesadelo da família, mas até o momento ele não passava de um simples espadachim.

Recém formados o grupo passou a atuar em pequenas missões na cidade, entre elas coordenar os recém chegados para a vida eterna no reino gelado. Pessoas costumavam aparecer a cada momento, e boa parte delas havia acabado de se separar de tudo que conhecia, eram eles que faziam a coordenação deste povo todo...

“Você vai virar a direita ali, subir o morrinho dos leprosos, ai você chega ao castelo.”
“Mas ali é o penhasco Leo.”
“Droga! Droga! Ei! Volta! Não! Já era...”

Alguns anos se passaram neste pequeno treinamento como cadetes, muitas aventuras de infância rolaram ali, os cinco irmãos eram mais que união de sangue, era também união de alma, apesar de nenhum deles ter uma... Dren e Gabriel viviam brigando entre si para ver quem era o mais poderoso do grupo, Sarah era a cabeça do grupo e a mais inteligente. O Espadachim David era o mais gentil e dedicado em ajudar os outros enquanto Leonhard o mais desastrado e pateta.

Com o tempo e a maior idade chegando o grupo teve que se desfazer, novos desafios viriam, entre eles um novo treinamento para que conseguissem entrar como soldados legítimos do exercito dos mortos e atuar juntos aos Dullahans. Cada um seguiu com um mestre diferente para atingir seus objetivos, Leonhard entrou para a academia de caçadores da cidade.

Estudou muitos anos para se aperfeiçoar nas técnicas, até que um dia se tornou o que seu pai tanto desejava. Acará de se tornar um caçador nato e assim ingressou no grupo de procura e investigação da cidade, se algum vivo tivesse perambulando por lá, era Leonhard e seus companheiros que tratavam de exterminá-lo ou mandá-lo para fora de lá.

“Soldados! Preparar! Apontar! Ei! Leonhard! Solta essa coxinha!”

Com o tempo conheceu melhor seus companheiros de ação. Tiago, um poderoso lorde e líder do grupo. Era uma figura corajosa, o paizão da turma. Magnus, o gênio do grupo, era um homem cheio de sonhos. E uma cavaleira que sua memória já nega até mesmo seu nome, uma bela mulher ao qual foi seu primeiro amor. Tornaram-se grandes amigos que se ajudaram nas mais diversas missões perigosas, entre elas recuperar foragidos do reino dos mortos, retirar vivos do local ou acabar com possíveis focos pejorativos a cidade.

Sua juventude foi marcada pelas fortes amizades e mais tarde pelo grande amor pela cavaleira, era um relacionamento estranho, tal garota era a famosa “Menina Moleque”, sempre dando ordens, corajosa e sem frescuras comuns. Enquanto Leonhard era medroso, idiota e um tremendo pau mandado.

“Socorro! Um Kukre!”
“ Calma Leonard, calma... Pronto! Já pode sair de cima do armário.”

Muitas águas se passaram, tantas que o casal estava de noivado. Um amor jovem que apesar das diferenças o fogo da paixão residia naqueles cadáveres putrefatos. Seus irmãos Gabriel e Drean competiam para quem era o melhor, sua irmã lutava para descobrir novas magias, porém a merda começava a acontecer.

David, seu irmão Espadachim que acabara de se tornar um poderoso Lorde havia se interessado por estranhas idéias vindas de um lugar chamado “Epirus”, aonde falavam sobre “Lutar contra algo mais poderoso que nos ate a morte”. A luta dos humanos e Satan Morroc era contada por recém chegados à cidade, com isso alguns servos de Hel pensaram em deixar a vida no submundo, voltar a terra, ao sol e aos seus entes queridos, haviam acabado de ganhar a coragem para lutar contra algo maior que eles, a própria deusa Hel.

E assim começou uma pequena revolta, liderado por David. Uma pequena invasão foi tramada na tentativa falha de matar a deusa. Mas claro que tudo foi desmanchado com extrema facilidade, ordenado por Hel, Leonard via o dever de exterminar seu próprio irmão, uma brincadeira entre os deuses pensou ele, mas uma brincadeira que devia ser feita. O problema que durante o conflito, sua noiva acabou por morrer decapitada pela mortal espada de David.

“ Por favor! Não... Por favor... Avor...”

A revolta foi anulada, mas qualquer conflito, por menor que sejam, deixam marcas tão profundas que nem mesmo o coração frio dos mortos pode suportar. Leonhard havia perdido sua paixão, seu companheiro Magnus e outros amigos. E também seu irmão. Nada mais parecia em ordem, apesar do mundo ter voltado ao equilíbrio. Nilfheim estava de volta ao mundo que era, os homens haviam ganhado a guerra, os deuses festejavam, mas Leonhard continuava acabado.

Muito se passou, sua mente conseguiu trancar lembranças antigas referentes a essa época, um fardo que jamais gostaria de lembrar novamente. Já havia esquecido pelo que lutava, seu único desejo era sair daquele mundo que o prendia as velhas lembranças, assim, planejou sua saída para o mundo dos vivos com autorização secreta concedida por seu pai e Hel.


Ato II

Spoiler:

E assim sua nova vida começava, tudo parecia novo, era novo. A luz cegava seus olhos vermelhos quase falhos pela conta da escuridão do reino dos mortos. Leonhard tinha apenas a roupa do corpo e algumas tralhas. Já não tinha o apoio de sua família e seu nome não valia nada naquele lugar, tudo iniciava do zero.

Porém não demorou muito a se associar aos desocupados e mendigos que dividiam as pontes e buracos com Leonhard. A guilda dos Bardos começava naquela época de ressurgimento do mundo, as grandes cidades eram reconstruídas e o desenvolvimento voltava. Leonhard trabalhou em alguns bicos como construtor de muros de cidades, vendeu mercadorias, pediu esmolas, navegou e pescou até mesmo se prostituiu. Sua paixão era o que os homens chamavam de arte, coisa que no mundo dos mortos era chamada de “Viadagem”.

Leonhard entrou para o mundo da aristocracia, dos poetas e músicos. Graças a seu grande humor foi nomeado como “Dj Maluco” pelos Bardos locais que começavam formar a ordem dos bardos, no caso, a própria Guilda.

"O pensamento filosófico de prantonilsom diz que o homem deve ressurgir em sua grandeza."
"Que diabos esta falando mestre Dj?"
"Seila! Passa a maconha ai."

Teve muitos relacionamentos, namorou muito e se casou muito. Era um bom partido para a época.
Tudo aquilo o ajudou a superar os danos ao coração do passado. Era uma nova vida, tudo anteriormente deveria ser esquecido. Sua vida boemia era o que importava, já não era mais um caçador de vivos, e sim um bardo que bebia com eles.

Mas claro, havia suspeitas sobre sua raça maldita, sempre foi alvo de perseguições entre os homens e os elfos que ressurgiam. Apesar do mundo que emergia do caos de Morroc, outro começava a tomar seu lugar, a guerra entre humanos e elfos.

Leonhard serviu entre os dois exércitos, tanto ao lado dos humanos quanto ao lado dos elfos sempre que fosse conveniente. A guerra durou um grande tempo, neste momento Leonhard viu a verdadeira faça dos homens que tanto admirava no submundo. Seres gananciosos e mais privados que os próprios fantasmas de onde viera.

"Elfos! Vamos mostra a... Que diabos é você?"
"Sou o cadete Dj, vim do norte.Sabe como é."

A guerra trouxe muitos prejuízos tantos aos homens como aos elfos. O mundo havia decaído novamente, mas com um lado vencedor, os homens expulsaram os elfos de seu mundo. Leonhard havia sobrevivido à guerra. Aos poucos a aristocracia voltava ao mundo, mas Leonhard teria outros problemas a lidar, principalmente relacionado à perseguição...


Ato III


Spoiler:
Muitos anos se passaram após a guerra. A vida boemia se mistura a perseguições contra mortos-vivos. Tal raça era considerada maldita e devia ser exorcizada da face da terra. Mas, Dj Maluco tinha suas cartas na manga, era um grande aventureiro, graças a experiências passadas aprendeu a sobreviver neste mundo hostil dos homens. O Bardo voltou ao mundo dos mortos a pedidos da própria deusa, se tornara uma espécie de mensageiro e quebra galho a distancia.

Sempre ia e vinham entre os dois mundos, e por onde passava espalhava seu nome, se tornou uma figura incrivelmente carismática e conhecida entre os homens, Dj Maluco era sinônimo de risadas, mas também de perigo. Não eram todos que arriscavam a se aproximar deste morto-vivo, mas os poucos que faziam espalhavam entre os vivos seu nome.

Da mesma forma que viveu a vida boemia nos tempos passados viveu nesta. Poesias mudavam conforme os anos passavam, métodos também, as musicas eram mais requintadas e a arte evoluía com o fervor dos aeroplanos, maquinas inteligentes feitas por magia surgiam de forma que faziam o velho homem a ficar ultrapassado, violões eram trocados por harpas, nesses novos tempos de progresso Dj Maluco conheceu uma instituição conhecida como Ordem do Trovão.

Liderada por Dozer, o grupo tinha como objetivo seguir os ensinamentos de Thor e ajudar o mundo dos homens, tal organização em conjunto com a Organização VII, um grupo para militar secreto e bem estruturado lutaram para impedir o Dämmerung, foi condecorado entre os homens como membro honrado. Mas sua verdadeira honra e nobreza no mundo dos homens começava.

“Mary Pop? Agora entendo o porque do Pop...”


Quando entrou para a Ordem do Trovão ajudou diversas pessoas que passaram a ver o temível cadáver contador de historia como uma exceção aos mortos. Aos poucos era visto como um humano, um humano fedido, mas era um. Fez novas amizades que iriam pendurar por um grande tempo. Seus novos companheiros de combate surgiam entre eles seus companheiros de Bar Sundance Kid e Bruno Moura. Grandes bebedores que passavam boa parte do tempo destruindo seus fígados, amizades em combate eram formadas entre ele e Zero Dozer e rivalidades em campo como as que tinha com Detto.

Chegou a um cargo relevante na Ordem como treinador dos membros desta, graças à grande habilidade em combate ficou de treinar todos. Entre seus alunos ou membros iniciados uma o chamou atenção. Uma garota xexelenta de pele escura que pouco se importava aos que os outros pensavam. Seus olhos eram falhos por conta de uma doença, mas aquilo não impediu uma breve paixão entre os dois, novamente a juventude do coração falava mais alto. Assim se casaram.

Mas nada na vida de Leonhard dura para sempre, e todas as rosas tem seus espinhos que irão nos cortar algum dia. Satan Morroc ressurgia novamente e assim entrou a Ordem do Trovão para combater a ameaça ao mundo.

A luta foi devastadora, os campos de batalha se encheram com algo que mais tarde iriam chamar de cultistas de morroc. Os clãs que antes faziam menções rivais leves de espionagem, ou outros que ate mesmo se odiavam como a Organização VII e a Corporação Rekenber se juntaram para combater um mal em comum, liderados por seus lideres e co autores a coligação de clãs que mais tarde ficou conhecida como “A Armada.”

“ Corre gente! O céu esta escurecendo! È o fim!”

“Calma Dj... è apenas a nuvem passando em cima do céu...”
“Eu sei jovem guerreiro... Apenas estava testando sua coragem.”

No final, novamente os homens conseguiram dispensar as ameaças dos cultistas e de Morroc. Finalmente o morto-vivo era considerado gente na terra que escolherá para recomeçar, se tornava um barão, um artista renomado, um musico talentoso, um bardo famoso e um divorciado sem esposa. Sua relação com Thelastris durou como um amor de juventude, rápido e forte.


Ato IV


Spoiler:
O mundo recomeçava com a expansão de uma nova terra deixada pelo ressurgimento de Satan Morroc. Um novo mundo era explorado, e assim as portas se abriram para Dj Maluco que seguiu para lá a fim de explorar as novas terras, seu sentido de explorador falava alto.
Conheceu novas culturas, povos e ensinamentos a musica e a arte dos bardos era novidade para alguns daquele lugar, assim Dj Maluco ficou popular com suas musicas e contos do outro mundo no novo mundo.

Também foi recompensado com ensinamentos próprios de lá, se deliciou pelas criaturas que la e pela sua força incrível, eram difíceis de serem derrotados, mas dota aquela novidade fora cortada, uma chamada o forçou a retornar ao reino dos mortos, seu pai falecerá, e a família precisava eleger um substituto. Era ai que temia o velho bardo.

Passou um tempo nos domínios de Hel, um ser já morto em meus domínios deixa de existir em qualquer outro lugar disse a deusa. Com a discussão grande e reuniões fora decidido que seus dois irmãos Gabriel e Drean ficaram encarregados de tomar conta do cargo do pai, ambos rivais haviam se juntado para liderar juntos, era o que estava predestinado desde sempre. Sua Irma virou conselheira de ambos, faltava apenas a graça de Leonhard para se juntar e se encarregar as tropas de seu pai que agora precisavam ser coordenadas.

Ficou um tempo na cidade para rever velhos amigos, amores e principalmente lembranças de seu primeiro amor e do conflito que o levava. Iria aceitar a propostas de ajudar seus irmãos no cargo de seu falecido pai. Mas os homens precisavam de sua ajuda, principalmente aos ataques de Laedhros em Prontera.

Retornou assim ao mundo dos vivos, sabia do poder do Algoz e do culto inteiro, que fazia com que o velho homem já nos fins de seu tempo pensa-se em deixar um herdeiro, assim treinou Dante Malebolge, um garoto de Niflheim inspirado pelo combate e aventuras do mundo dos homens, ele se tornou seu pupilo e futuro legado.

Após poucos meses o fim chegará, em uma batalha contra o grande líder dos Cultistas, Dj Maluco acabou por morrer em batalha contra o algoz. Ambos lutaram até o ultimo suspiro até que uma flecha de prata furou seu peito, o elemento sagrado acabou com ele. Era o fim do Ato, mas não de Dj Maluco.


Ato V


Spoiler:
Lendas morrem todos os dias, mas também ressurgem das cinzas que deixam. Enganos, vivos se tornam mortos, mortos se tornam algo também... Aqueles que são reconhecidos por suas bravuras seculares, em guerras diversas, revoltas e batalhas. E também aqueles que se apaixonam, vivem a felicidade e morrem por amor... Sem contar naqueles que deixam toda a honra dos pais para conquistar sua própria. Mas existem também aqueles que possuem todos os tipos de honra, tais seres são os mais reconhecidos entre os deuses. Tais são dotados do poder Maximo, do divino prazer de se tornar algo foda. Nada acontece rapidamente, mas acontece, reconhecido entre os deuses das mais diversas áreas, pelos homens o nome de Dj Maluco rasgou os céus com uma única palavra...

“ Retorne meu caro Menestrel, porque você ta enchendo o saco demais aqui no Vallaha!!”


Um novo ato esta prestes a ser preenchido.

Personalidade: Covardia e Heroísmo moldam a personalidade de Leonhard Von Niflheim, é difícil pensar como tais qualidades conseguem se coincidir em uma única pessoa, mas nele elas são muito notáveis. Os surtos de pânico por coisas simples como, por exemplo, seu medo incontrolável por Kukres a tentativas de fuga nos momentos mais inoportunos até mesmo aos bravos feitos em combates épicos para salvar sua própria pele. A questão mais simples é, Dj Maluco é uma figura corajosa e brava quando quer, o problema é saber quando ele quer ser.

Dotado de um forte senso de humor digno de qualquer bardo, ele é um piadista nato ou ao menos tenta ser um com suas piadas toscas. Suas crises histéricas de imaturidade também estão presentes. Seria uma pessoa de boa alma se tivesse uma para usar este termo, valoriza bem os amigos e os trata como seus filhos. Também tem uma preguiça inabalável em momentos de descanso, evite tira-lo da cama de manhã.

Quando irritado ou em fortes situações emocionais tende a perder o controle e deixar que seu instinto de morto-vivo atue, se tornando tão são como qualquer criatura desta raça sedenta por carne de qualquer criatura viva.

Aparência: Sem duvida sua aparência é bastante chamativa, seus olhos vinho da cor igual ao sangue são facilmente percebidos nas multidões. Diferente dos olhos comuns, não é apenas sua Íris que é dotada de cor, mas sim todo o órgão ocular sendo semelhante a uma imensa bola vermelha. Suas orelhas são uma espécie de mistura entre elfos e humanos, elas são finas e um pouco pontudas como de um meio-elfo ou duende, ou qualquer coisa do gênero. Seus dentes são afiados, dignos de um morto-vivo e junto a eles sua boca discreta e seca.

Dotado de uma pele branca e quase pálida com aparência morta que se assemelha a seus cabelos brancos pela idade. Apesar da aparência temível, Dj Maluco tem poucos centímetros de altura sendo bem baixo comparando com outros. Seu físico vem se tornando forte conforme o tempo e já ganhara alguns músculos notáveis. È extremamente flexível por conta de seu treino como acrobata.

Vestimentas: Roupas velhas, rasgos e costuras mal feitas. Se você ver alguém trajando isto com certeza será Leonhard. Como é um grande viajante evita ter diversas roupas em seu armário, e geralmente graças às viagens tende a danificá-las. Sua grande marca é o chapéu de menestrel velho e furado. Além disto, suas roupas de menestrel são como uma roupa nobre que chegou no final do prazo de validade dando um toque de burguês bêbado durante três dias que dormiu em um chiqueiro.

Apesar de tudo, Dj Maluco possui outros trazes para se vestir, não, não estamos falando de vestimentas para ocasiões formais, em grandes reuniões ele tende a se vestir como mendigo também, mas estamos falando de pijamas e roupas nada ocasionais que ele costuma usar quando não esta viajando. Dj é o tipo de pessoa que costuma andar no meio de Prontera de pantufas de poring e jaqueta de couro.


Atributos
-----------------------------
Força: Muito Baixa.
Agilidade: Alta.
Vitalidade: Alta.
Inteligência: Média.
Destreza: Alta.
Sorte: Sobrenatural.

-----------------------------
Carisma: Alto.
Manipulação: Média.
Aparência: Muito-Baixa *
Percepção: Média.
Sabedoria: Média.
Raciocínio: Médio
Força de Vontade: Média.

*Devido sua raça, sua aparência não é bela com relação aos humanos. Porém tendê a ser alta com relação aos mortos.

Vantagens: Suas vantagens são excepcionais sem duvida, filho de família nobre é um homem extremamente bem visto na sociedade dos mortos e também na sociedade dos vivos pelo seu titulo de barão. Sua família e seu nome são sinônimos de honra nos dois mundos. Também é um homem com extrema habilidade de improvisação e grandes dotes musicais.

Devido sua raça possui algumas vantagens a mais que outros seres. Entre elas é imune a congelamento e venenos, nenhum veneno faz efeito em seu corpo morto. Além disto, tem uma grande vitalidade, não no sentido de grande resistência, mas sim de agüentar grandes danos em regiões vitais. Como viveu em um mundo de escuridão possui uma grande audição avançada, uma espécie de adaptação para viver naquela região.Acima de tudo esta sua vantagem em influenciar o medo em criaturas diversas é como se houvesse uma aura que influencia-se no medo das pessoas.

Apesar de todas essas vantagens, a maior delas é sua sorte extremamente incrível, não sabe como ela funciona, mas que existe, em qualquer situação de risco é como se alguém cuida-se de Leonhard a ponto de tudo que existe conspirar a seu favor. Também conta com uma calma de Buda, é difícil conviver num mundo onde todos são como pedaços de frangos prontos para serem comidos.

Desvantagens: Todo seres tem seu calcanhar de Aquiles. Porém, Dj Maluco possui o joelho de Aquiles, o braço de Aquiles, o umbigo de Aquiles... Sua raça traz algumas vantagens, mas traz muito mais desvantagens, entre elas seu desejo insaciável por carne que chega a levá-lo até mesmo ao canibalismo. Tem uma gula forte por conta deste desejo e esta sempre comendo algo ou alguém. Sua aparência trás grande suspeita dificultando de ser furtivo em qualquer situação e é alguém de fácil destaque na multidão.

Graças ao ambiente que viveu, não tem grande desenvolvimento da visão sendo alguém um tanto quanto cego. Dj Maluco possui uma visão monocromática, ou seja, apenas vê em tons de preto e branco. Além disto, tem grande fraqueza contra três elementos que são mortais a ele, fogo, sagrado e fantasma. Locais sagrados podem causar certo desconforto em Leonhard podendo
chegar até mesmo em perda de consciência.

Também é alguém extremamente desastrado, evite confiar o maior tesouro de midgard em suas mãos que ele pode facilmente deixar um Poring engoli-lo. È um covarde nato e um tanto quanto autista em seu mundo da lua.

Mas, sua maior desvantagem é seu medo incontrolável por Baratas.

avatar
Alquimista Filosofal
Isis
Isis

Número de Mensagens : 612
Idade : 23
Localização : Barueri.
Pontos : 4199
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/12/2008

Ficha do personagem
Nome: Leonard Von Niflheim
Profissão: Bardo, Ex-Dullahan.
Clã: Magna Charta

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dj Maluco, O Infame.

Mensagem por Nanah em Qua Mar 16, 2011 1:27 am

Yaaay, ele voltará! /o/

E omg... A ficha está mega completa! Hahahaha Ficou ótimo, DJ~

Mas, sua maior desvantagem é seu medo incontrolável por Baratas.
Eu sinto a dor dele ;___;
avatar
Nanah
Múmia Anciã
Múmia Anciã

Número de Mensagens : 880
Idade : 28
Localização : Londres
Pontos : 4458
Reputação : 2
Data de inscrição : 06/06/2008

Ficha do personagem
Nome:
Profissão:
Clã:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dj Maluco, O Infame.

Mensagem por Zero Dozer em Qua Mar 16, 2011 1:39 am

DJ, duas coisas: Mude Niflheim pra Nifler (eu torro muito o saco com isso, sei), e tem que lembrar que o DJ é o ÚNICO membro original da equipe de Malachias em vida, então é bom citar seu rolê com a primeira OT.

Mais uma coisa: Leia o tópico da cronologia e ganhe informações preciosas sobre a guerra de GH. É bom se informar, porque isso vai constar na história da antiga OT a partir de agora.

_________________
Jornada de Cal Rasen - Livro 9: Fantasmas do Passado


Maravilha artística feita pelo Alec, cores feitas por mim.

Zero Dozer, Cavaleiro Rúnico 101/04; Irma Aloisius: Hi-Mage, Maga 23/18; Johanne Garamus, Mercenário 70/36; Eva Heins, Mercadora 1X/XX
Sou obrigado a jogar com um sprite de merda, definido por japorongas filhos de uma puta.

Twitter: @zdozer_original
Manda mensagem aí!
avatar
Zero Dozer
Múmia Anciã
Múmia Anciã

Número de Mensagens : 928
Idade : 30
Localização : Santo André, SP
Pontos : 4479
Reputação : 1
Data de inscrição : 07/12/2008

Ficha do personagem
Nome: Cal Rasen
Profissão: Cavaleiro Rúnico/Líder da Thurisaz
Clã: Thurisaz

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dj Maluco, O Infame.

Mensagem por Takashi em Qua Mar 16, 2011 2:49 am

Uau! O desfecho do ato V foi simplesmente fantástico!

Estou curioso para ver um personagem assim...
avatar
Takashi
Esqueleto
Esqueleto

Número de Mensagens : 153
Pontos : 2840
Reputação : 0
Data de inscrição : 28/02/2011

Ficha do personagem
Nome: Ishikawa Takashi
Profissão: Sicário
Clã: Thurisaz

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dj Maluco, O Infame.

Mensagem por Cerberus em Qua Jul 13, 2011 10:56 pm

Volta pro RPG seu safado!
Saudade do Dj fazendo besteiras xD
avatar
Cerberus
Esqueleto
Esqueleto

Número de Mensagens : 57
Idade : 24
Localização : Barueri - São Paulo
Pontos : 2740
Reputação : 0
Data de inscrição : 08/03/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Dj Maluco, O Infame.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum