Danchou Firil

Ir em baixo

Danchou Firil

Mensagem por Nick em Qui Mar 24, 2011 2:48 pm

Nome: Danchou Firil


Memento Mori
(Remember you shall die)

Raça: Humano

Idade: 26 anos

Signo: Ofiúco (Serpentário)

Religião: Seguidor de Mimir

Profissão: Bruxo (com formação na academia de Kiel Hyre)

Peso: Algo em torno de 50 kg (quase esquelético)

Altura: Aproximadamente 1,74 metros.

Voz: Suave, mas ao mesmo tempo eficaz e forte – procura sobrepor sua opinião, a qualquer custo.

Aparência e saúde: Pele muitíssimo branca e sem tonalidade, quase que albina. Cabelos finos e longos, quase que brancos, se não fosse pela leve tonalidade de loiro (um tanto morto, porém). Olhos negros. Sempre parece cansado – a fadiga é, de fato, algo que o acompanha, devido á seu problema de saúde crônico (anemia).
Também é míope.

Formação: Danchou formou-se bruxo, mas parece ter carregado consigo uma insígnia a mais: A dos sábios. Não chega a exercer as duas classes, mas retém conhecimento da guilda dos Sábios – principalmente àquilo que se refere à filosofia e ao estudo das sociedades (sociologia).

Também um formado ilusionista. Sua magia arcana é considerada em nível padrão; nível comum, sem destaque, mas desenvolveu o talento da ilusão – pode controlar o campo de visão de quem quer que seja, criando matéria ilusória para fins próprios.

Personalidade: Egocêntrico, mentalmente perturbado e um pouco detalhista ao extremo; têm consciência destes seus detalhes, mas os mantém guardados a sete chaves.

Cidade Natal: Nascido em Juno, no distrito nordeste.

Parentes: Geremias Firil e Lucia Firil D’hold – ambos sábios.

Vestes e equipamentos: Tem suas roupas sempre arrumadas, mas com o pequeno detalhe: Sua capa de bruxo se difere da comum, o que destaca certos aspectos: Sua formação na academia, e seu talento como ilusionista.

Seu cajado – um bastão arcano, com o topo de crânio humano – presenteado pela guilda dos magos.

Devido à sua miopia, carrega sempre consigo uma lente – seja um monóculo, ou um pince-nez, mas não os usa por todo o tempo.

Mas, sua característica mais marcante é, de fato, o chapéu. Um chapéu misterioso – não muito comum, e contém certo teor mágico indescritível. Não se sabe (ainda) ao certo qual seu significado, tudo o que se sabe é que seus múltiplos olhos, que transpassam sempre a sensação de que estão acompanhando seu redor, são sua peça mais macabra.

Estado civil: Solteiro.

Hobbies: Leituras; Livros de antropologia, sociologia, filosofia, psicologia, magia, etc.
Descobrir, conhecer e explorar.

Comida favorita: ---

Bebida favorita: ---

Aliados relevantes: Sirnak, Bloody.

Inimigos relevantes: ---

História: Nascido em Juno (1984), foi criado como um super-dotado. Aos cinco anos, já conhecia a escrita e leitura e, aos sete, foi designado aos testes de magia.

Danchou Firil – O mago.

Mago, então, aos oito anos. Logo, em um ano, já encarava fortes estudos para seguir os passos dos pais – como sábio.

...Mas seus olhos voltaram-se para a magia arcana dos bruxos.

Os Firil, em Juno, são conhecidos entre os Sábios pelos estudos psicológicos, os estudos da mente humana e seus fenômenos. Guardaram lugar em Kiel Hyre, e escreveram diversos livros relatando suas experiências. Danchou foi submetido a esse mundo de estudos dos pais desde cedo, quando ainda estudava para se tornar, assim como os pais, um Sábio. Mas, após severo embate, convenceu sua família á lhe permitir seguir a tão cobiçada, por ele, vida de um bruxo arcano; se mudara para Geffen, em 12 de fevereiro de 1993 – com nove anos de idade.

Seus pais relutaram a decisão do filho, e abandonaram qualquer relação com o mesmo a partir desta data – não mais se comunicavam, nem mesmo procuravam notícias uns dos outros, mas Danchou tinha o que necessitava: Fundos para o estudo, devido as suas notas e bolsas, e o renomado sobrenome Firil. Azar o dele que o nome de nada valia fora da área de Juno, mais precisamente da guilda dos Sábios.

Com já dez anos, começou a bateria de estudos dos bruxos – que se diferiam dos Sábios, já que um apenas cuidava da teoria; o outro da prática. E foi mandado para Kiel Hyre – a academia, também centro de pesquisas famoso pelos arredores de Juno – onde retomou os estudos dos pais, levando cerca de dois anos apenas para entendê-los.

Seus pais haviam descoberto uma espécie – em teoria – de “controle mental”, baseando-se em apenas magia arcana, mas isso era somente para níveis de classe elevadíssimos, ou, em outras palavras, apenas para aqueles que receberam a benção da Valkiria; os transcendentais. Fora que, nada era comprovado. E decidiu levar a idéia à diante.

Nesse período de sua vida, começou á mostrar traços singulares; se tornou paranóico com os estudos, nada podia pará-lo – e assim foi, sua paranóia se desenvolveu e se tornou uma Neurose – doença mental.

Doze anos, em desenvolvimento de leves distúrbios, e em estudo pesado de psicologia, já andara descartando a possibilidade de manipular algo tão genial quanto às teorias de seus pais, mas ainda havia tempo. Com treze anos, realiza o teste para feiticeiro, e sem nenhuma surpresa, consegue o título. Sua capa ainda era bege, comum.

Danchou Firil – O bruxo.

Nesse período, regressa á Kiel Hyre – deixando os estudos dos pais de lado, mas nunca esquecendo-os, por um só momento – para desenvolver sua prática em magia arcana, em centros de ensino próprios; ao mesmo tempo em que mergulhava nos livros da academia, devorando cada único estudo que lhe falava sobre psicologia e, seus outros hobbys, sociologia e filosofia.

Com quinze, após completa dominação arcana e ainda em fortes estudos acadêmicos, começa á desenvolver novos sinais de distúrbios; agora começam á se manifestarem sinais de esquizofrenia, mas em baixo grau; além de estar ao lado de clínicas de tratamento, nada muito alarmante.

Ainda nesta idade, retoma, enfim, o material de sua vida: o controle mental, denominado “Controle Absoluto” por ele mesmo. E permanece concentrado nele, por três anos. Neste meio tempo, contrai sinais de síndrome do pânico, elevando sua esquizofrenia á níveis alarmantes; se não fosse o caso de uma clínica estar à apenas alguns metros de seu dia-a-dia...

Com já dezoito, desfere sua primeira tentativa, usando á si mesmo como cobaia,– sua esquizofrenia agora já era elevada, e se tudo ocorresse como deveria, deveria ser controlada; mas o resultado foi berrante, ela apenas piorou, se agravando o bastante para medicamento algum surtir efeito. Foi, então, considerado um doente-mental, um mentecapto em observação, levado para o mais próximo de um manicômio no reino; em Lighthalzen.

Danchou Firil – O louco.

Passaram-se dois meses após ter sido internado, seu quadro não havia melhorado; de fato, apenas parecia refletir uma situação pior do que a já tida quando entrara no prédio. Passam-se mais três meses, e algo curioso acontece. Os guardas passam á relatar fantasmas pelo prédio, e, em um mês, acontece um assassinato; um dos guardas. Sem pistas de quem o matou, mas ele fora morto á facadas.

Seis meses haviam se passado, e logo mais um; Danchou apresentava sinais de melhoras, quase totalmente são e novo.

Mais um semestre se passa, e Danchou é, finalmente, liberado. Não parecia o mesmo, o que é estranho; maior parte dos casos de loucura tão elevada quanto á dele resultam em uma vida de solitária, mas ele não era normal.

Regressara á Juno, continuando para Kiel Hyre, retomando os estudos. Passam-se quatro anos, e Danchou, agora com vinte e três anos, se formara. Havia recolhido conhecimento o bastante para ser um Sábio, mas tinha a prática de um Bruxo. E foi o que tentou.

Volta á casa dos Sábios em Juno. Recebe a triste notícia de que sua mãe, Lucia, já havia falecido, dois anos atrás. Seu pai estava em reconhecimento de uma área mais ao sul: Morroc. Isso levantou o interesse de Danchou, um dia saberia mais sobre este lugar.

Mas o destino lhe reservava mais algumas surpresas. Ele ingressou nos testes da guilda dos Sábios e, com alguma dificuldade, admitiu-se, conseguiu a passagem. Mas não poderia exercer; já havia feito sua escolha, era um Bruxo, mas também reconhecido como Sábio, de agora em diante.

Danchou Firil – O sábio.

Vinte e quatro anos. Agora, por alguma razão, dominara o Controle Absoluto; mas com severas conseqüências. Se ele o usasse, por apenas um singular segundo, estaria á beira de um colapso, pois já o utiliza para manter sua mente sã de seus problemas mentais. Tudo o que poderia fazer era usá-lo com certa moderação; sem exagero, para não acarretar conseqüências ruins. Assim, tudo o que poderia manipular era a parte cerebral ligada ao campo de visão de outros além dele.

Para as pessoas pouco sabidas de seus métodos, poderia ser considerado um criador de ilusões, pois, ao liberar apenas quantidades pequenas de sua técnica, poderia “materializar” somente objetos cotidianos ao grupo social em questão. A visão delas, por outro lado, diz ao cérebro que o objeto está ali, foi criado por milagre e faz parte de nosso plano; se fosse perigoso, tomasse cuidado.

Assim, com todos os seus objetivos cumpridos, voltou a Geffen, para a guilda dos Bruxos... Apresentou a insígnia de formação em Kiel Hyre e passagem no teste dos Sábios, fora presenteado por um manto arcano de coloração diferente, e assim começa sua verdadeira história.

Danchou Firil – O ilusionista.

Perícias:
Ilusão
Magia
Estratagemas
Espionagem
Idiomas (Midgard, Alfheim, Arunafeltz, Republicano, Latim)
Sociologia
Controle Absoluto

Vantagens:
Filosofia
Teologia
Psicologia
Forte Diligência
Segurança

Desvantagens:
Fraqueza (Anemia)
Visão afetada (Miopia)
Doenças e distúrbios mentais (Paranóia [Neurose], Esquizofrenia [Psicose], Transtorno do Pânico [consegue tratá-lo e almiscará-lo, mas ele ainda existe])
Fôlego mínimo

Atributos:

Força:
Quase nula – somente o necessário.

Agilidade:
Baixa.

Destreza:
Altíssima – lê movimentos com maestria e executa com prontidão absoluta toda e qualquer mágica, seja ela ou não uma simples ilusão.

Vigor:
Baixíssimo – Suas doenças causam bom estrago, e não é capaz de levar sequer um soco no ombro sem ter a impressão que o quebrou.

Carisma:
Baixo – pode controlar sua personalidade; mas jamais mostra sua verdadeira face.

Manipulação:
Altíssima (em pessoas) – controla, sem falha, quem quer que queira; de fato, o controle é sua perícia mais destacada, por saber lidar com o psicológico pessoal humano.

Percepção:
Alta~Média – tem, como todo arcano, forte senso perceptivo. Mas nem sempre fica alerta o bastante para utilizá-lo.

Sabedoria:
Altíssima

Raciocínio:
Alto~Altíssimo – sua breve passagem por acontecimentos ocorridos há pouco tempo atrás o fizeram desenvolver forte senso de raciocínio – o que antes era mediano, se tornou alto.

avatar
Nick
Esqueleto
Esqueleto

Número de Mensagens : 43
Pontos : 3659
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Danchou Firil

Mensagem por Nanah em Qui Mar 24, 2011 3:25 pm

MIK!!

Mik, você ainda joga? Aw, mó saudades, xuxu ;-;
E well... Nem preciso dizer que adoro o Dancha, mãs well... <3
avatar
Nanah
Múmia Anciã
Múmia Anciã

Número de Mensagens : 880
Idade : 27
Localização : Londres
Pontos : 4371
Reputação : 2
Data de inscrição : 06/06/2008

Ficha do personagem
Nome:
Profissão:
Clã:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Danchou Firil

Mensagem por Nick em Qui Mar 24, 2011 3:39 pm

Nanah escreveu:MIK!!

Mik, você ainda joga? Aw, mó saudades, xuxu ;-;
E well... Nem preciso dizer que adoro o Dancha, mãs well... <3

NANAH!!

Jogo sim! Voltei pra checar o renewal e vi que Ragnarok é um jogo quase novo em folha! Tô curtindo demais huahaua

Pois é, saudades mesmo!! Ainda joga no Odin ou tá pelo Thor? Precisamos fazer alguma coisa, nem que seja matar um poring! Ah, pra não fugir muito ao tópico... Valeu! Eu transcrevi a ficha dele com algumas modificações do outro subfórum B)
avatar
Nick
Esqueleto
Esqueleto

Número de Mensagens : 43
Pontos : 3659
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Danchou Firil

Mensagem por Nanah em Qui Mar 24, 2011 4:32 pm

Aw, estou pelo Thor. Não pago mais para "jogar" (eu não jogo, joooogo mesmo faz tempo, logo quase sempre para RP xD~). Está jogando apenas no Odin? Math tinha feito um personagem no Thor para jogarmos RP e talz, mas deu uma sumida hahaha

Temos que marcar algo sim! Btw, veja com o Nandow de virem aqui para SP, ele estava pensando ema lgo assim tempos atrás ;-; (saudades de todos, meow D: ).

Eu nunca vou me recuperar por termos perdido tudo o que tinha no fórum da EQ DDD: Tipo, ainda tem todos as coisas que escreveu né? Eu super queria recuperar o conteúdo do fórum.
Well, melhor cuidarmos dos outros assuntos por PM shuashuashuahsu

E tem planos de continuar algo com o Dancha? \o\

avatar
Nanah
Múmia Anciã
Múmia Anciã

Número de Mensagens : 880
Idade : 27
Localização : Londres
Pontos : 4371
Reputação : 2
Data de inscrição : 06/06/2008

Ficha do personagem
Nome:
Profissão:
Clã:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Danchou Firil

Mensagem por Nick em Sex Mar 25, 2011 10:44 am

Nanah escreveu:Aw, estou pelo Thor. Não pago mais para "jogar" (eu não jogo, joooogo mesmo faz tempo, logo quase sempre para RP xD~). Está jogando apenas no Odin? Math tinha feito um personagem no Thor para jogarmos RP e talz, mas deu uma sumida hahaha

Temos que marcar algo sim! Btw, veja com o Nandow de virem aqui para SP, ele estava pensando ema lgo assim tempos atrás ;-; (saudades de todos, meow D: ).

Eu nunca vou me recuperar por termos perdido tudo o que tinha no fórum da EQ DDD: Tipo, ainda tem todos as coisas que escreveu né? Eu super queria recuperar o conteúdo do fórum.
Well, melhor cuidarmos dos outros assuntos por PM shuashuashuahsu

E tem planos de continuar algo com o Dancha? \o\


Pois é, tô no odin sim, mas posso fazer um char lowbie pra acompanhar vocês =) e a última vez o que vi o Math távamos no WoW, não sei mais dele desde então (dei uma saída do Wow, time consuming demaaaaaaaaaais.)

Poxa, eu adoraria ir pra Sampa, se pá dá pra fazer algo nessas férias do meio do ano, acho que vale a pena tentar, mas não sei, tenho que falar com ele e, quanto ao fórum, tragédia mesmo. Acho que perdi boa parte do que tinha escrito por lá...

Com o Dan eu pretendo jogar casualmente mesmo, e já que não pretendo fazer ele um Warlock nem Hwizz (prefiro a roupinha roxa de wizz mesmo) torna ainda mais fácil XD

É, melhor continuar por PM mesmo! hauhauah
avatar
Nick
Esqueleto
Esqueleto

Número de Mensagens : 43
Pontos : 3659
Reputação : 0
Data de inscrição : 04/06/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Danchou Firil

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum