Relato do casinha que me obrigaram a mestrar ç_ç

Ir em baixo

Relato do casinha que me obrigaram a mestrar ç_ç

Mensagem por Alter-ego em Dom Jul 17, 2011 7:22 pm

bem, foi um rp curtinho, o peris caolha me pegou de supetao, mas mesmo assim o relato saiu extenso ._.'

bem, por favor, tenham carinho por mim, leiam e comentem/critiquem com sinceridade, ta ok? n.n

mas antes... fotinha do começo do rp ^_^



[ON]

Era um final de tarde festivo na igreja de Odin, em Prontera. Um jovem e bem sucedido casal acabara de se casar, os convidados já estavam fazendo a tradicional chuva de arroz enquanto os recém-casados caminhavam felizes pelo corredor de familiares e amigos, na porta da igreja. Foi neste momento que nossos intrépidos heróis apareceram, Baco estava na companhia de John fazendo sabe-se lá o quê, Chuck e Daniel também estavam com eles. Foi este primeiro que arrastou os demais até a celebração, foi ele também quem tomou o saquinho de arroz da mão de alguém para poder participar da festa "disfarçadamente", alguns o notaram, mas é irrelevante para a nossa história de hoje... Bem, fato é que em meio aquele momento lindo e feliz, uma pessoa, aparentemente perturbada, apareceu gritando e jogando garrafas em chamas na igreja e nos convidados – coisa fácil de acontecer em eventos onde membros da Organização VII estão presentes – rapidamente tudo estava em chamas, Chuck ficou sem ação por um momento, Daniel habilmente subiu em uma árvore e pulou sobre as chamas para poder perseguir o piromaniaco enquanto que John e Baco ficaram ajudando as pessoas que ardiam em chamas.

Em determinado momento, Chuck ouviu alguém grito vindo de dentro da igreja, não pensou duas vezes e adentrou o local que queimava para tentar socorrer seja lá quem fosse. Baco e John não estavam conseguindo socorrer a todos, a noiva estava com seu vestido em chamas, então Baco, em um pensamento rápido, abaixou as calças e começou a mijar no vestido da noiva, afim de salva-la do fogo, mas logo sua bexiga esvaziou, e sobrou para John a missão de salvar a suposta donzela mijando nela, missão essa que ele aceitou prontamente, arriou as calças e mandou ver na madame!

Enquanto isto, Daniel havia alcançado o piromaniaco, sem perguntar nada o perfurou com sua katar no ombro, por trás, o maníaco caiu gritando de dor e implorando por sua vida, Chuck encontrou quem clamava por socorro dentro da igreja, era o padre, mas antes que o cavaleiro pudesse socorrê-lo, o teto da edificação caiu sobre o servo de Odin, uma viga grossa de madeira o perfurou no estomago, o homem estava agora preso sobre os escombros e com uma seria hemorragia no tórax. Após salvarem os que estavam do lado de fora da igreja, Baco entra para ver o que estava acontecendo, e com ele, John. Estava quase impossível respirar naquele local, ele estava tomado pela fumaça do incêndio, mas os dois, Baco e John, conseguiram chegar até onde estava Chuck e o padre moribundo, até conseguiram tirar ele dos escombros, mas, não se sabe porque, Baco não deu muito valor ao imenso pedaço de madeira na barriga do homem e, mais estranho ainda, ou outros também não, nem mesmo Chuck que entrou no local para salva-lo, morrendo, assim, de hemorragia o pobre padre...

A igreja ruiu mais uma vez, agora sua entrada estava intransponível, paus e pedras em chamas barravam a passagem, os três começaram a procurar, ver se não tinha mais ninguém por lá, enquanto tentavam achar uma outra saída, Chuck começou a ter alucinações com gatos, talvez estivesse começando a ficar intoxicado por inalar tanta fumaça, Daniel ainda estava interrogando o louco, sem se importar muito com a ferida que causara no ombro do mesmo, o piromaniaco disse que fez o que fez porque aquela mulher, outrora sua noiva, havia matado seu pai, Daniel, descrente, arrastou o ensangüentado de volta até a igreja, para que a mulher confirmasse a historia, e assim ela fez, confirmou, meio relutante é verdade, mas confirmou que já esteve noiva do terrorista, este que implorou ao mercenário que o levasse para um hospital e o mercenário, mostrando misericórdia, assim o fez.

Pouco antes dos paramédicos e dos bombeiros chegarem ao local, um jovem arruaceiro era jogado, pela janela, para fora da destruída igreja, era Baco que havia desmaiado por ser muito fraco contra a intoxicação causada pela fumaça que habitava todo o interior da santa casa, John, que o havia jogado, saia logo em seguida e Chuck após ele. Daniel, já no hospital com o piromaniaco, ouve desse, que agora estava sendo tratado, a mesma coisa que ouviu quando o capturou, então, sem deixar que ele se explicasse mais, o mata com sua katar envenenada, encontra-se com seus amigos em frente a igreja, relata o que ouviu do maluco e fim, Baco novamente não liga e assim mais um dia termina na doce capital do reino de Rune-Midgard, Prontera.

[OFF]

e a pose heroica do final RIAIRIARIA



Spoiler:
agora so falta o relato do rp do guga :3
avatar
Alter-ego
Múmia Anciã
Múmia Anciã

Número de Mensagens : 817
Pontos : 3975
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/12/2009

Ficha do personagem
Nome: Irios Lindbrum
Profissão: Mercenário
Clã:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato do casinha que me obrigaram a mestrar ç_ç

Mensagem por Leon Kahn Vinfriedskov em Seg Jul 18, 2011 12:03 am

Eu ri do titulo

Gostei demais desse casinha, e principalmente do relato D:
Porque não mijar na noiva pra salva ela? né? porque não.....
avatar
Leon Kahn Vinfriedskov
Esqueleto
Esqueleto

Número de Mensagens : 157
Idade : 26
Localização : -
Pontos : 3143
Reputação : 2
Data de inscrição : 25/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato do casinha que me obrigaram a mestrar ç_ç

Mensagem por Zero Dozer em Seg Jul 18, 2011 12:05 am

E pensar que esses dois, logo depois do seu casinha, passaram no meu RP...

_________________
Jornada de Cal Rasen - Livro 9: Fantasmas do Passado


Maravilha artística feita pelo Alec, cores feitas por mim.

Zero Dozer, Cavaleiro Rúnico 101/04; Irma Aloisius: Hi-Mage, Maga 23/18; Johanne Garamus, Mercenário 70/36; Eva Heins, Mercadora 1X/XX
Sou obrigado a jogar com um sprite de merda, definido por japorongas filhos de uma puta.

Twitter: @zdozer_original
Manda mensagem aí!
avatar
Zero Dozer
Múmia Anciã
Múmia Anciã

Número de Mensagens : 928
Idade : 30
Localização : Santo André, SP
Pontos : 4600
Reputação : 1
Data de inscrição : 07/12/2008

Ficha do personagem
Nome: Cal Rasen
Profissão: Cavaleiro Rúnico/Líder da Thurisaz
Clã: Thurisaz

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato do casinha que me obrigaram a mestrar ç_ç

Mensagem por Alter-ego em Seg Jul 18, 2011 4:29 pm

/heh baco é nosense total IRAIRIAI
avatar
Alter-ego
Múmia Anciã
Múmia Anciã

Número de Mensagens : 817
Pontos : 3975
Reputação : 2
Data de inscrição : 27/12/2009

Ficha do personagem
Nome: Irios Lindbrum
Profissão: Mercenário
Clã:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Relato do casinha que me obrigaram a mestrar ç_ç

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum